Os cuidados para a sua saúde na internet

Por Rogério Cardoso

Todos nos já sabemos que vivemos a era dos corpos magros e perfeitos. Bom, digo perfeito pelo que ouço, mas não pelo que acredito. O que é o corpo perfeito? Diariamente, na minha prática no trabalho me pergunto isso. Em um mundo onde a blogueira Gabriela Pugliese diz num programa de rádio sobre“uma dica ‘mara’ pra não sair da dieta: tirar nudes e deixar com a amiga. Se a dieta vazar, os nudes vazam também. Ah! E não pode ser com mão no peitinho não, tem que ser nude total, daqueles que você jamais gostaria de ver rodando por aí”, e com sua base de mais de 1,5 milhões de seguidores, penso nas jovens que a enxergam como um modelo a ser seguido e nos pais que, muitas vezes, veem o não viver dos seus filhos em função de uma pessoa.

Um erro, mesmo que seja pequeno, será sempre um erro. No Brasil, talvez por sermos um povo mais permissivo, vermos erros deste modo de uma pessoa que deveria usar sua legião de seguidores para utilidade pública, afinal ela ganha dinheiro por causa desta fama, na verdade pode levar os seus seguidores a comportamentos mais graves, como induzir transtornos dismórficos e, no final, levar a uma insatisfação patológica com a própria imagem da adolescente ou adulto, podendo ter comportamentos perigosos e até autodestrutivos. Peguei pesado? Não, isso ainda sem falar num novo tipo de transtorno que esta afetando milhares de adolescentes pelo país, a ortorexia, que é a obsessão pela alimentação saudável. Já existem relatos de mães em blogs exprimindo as dificuldades de se criar uma filha neste mundo ‘saudável’.

Ilustração: Maria Luziano

Ilustração: Maria Luziano

Blogueiros de saúde, na maioria das vezes, são irresponsáveis. Digo isso porque ser blogueiro sobre moda não afetará sua saúde da mesma forma que uma blogueira de saúdequando esta fala uma coisa, como a que foi supracitada, ou quando ela está sendo paga para falar de determinado suplemento que mexe com toda a sua parte hormonal indicando-o como um excelente pré-treino para o seu exercício, e seus fãs vão lá e compram, sem ao menos saberem que ela mesma não usa.

Pessoas públicas deveriam ter consciência da repercussão dos seus posts ou do que escrevem da mídia social, volto a dizer, principalmente os blogueiros (as) de saúde tendo como lema o famoso “pense antes de agir”. Talvez ela não saiba, mas vazar nudes é crime. Por isso, consulte sempre um nutricionista, um médico e um educador físico para a sua saúde. Este é o melhor caminho! Até a próxima!

Rogério Cardoso é personal trainer e preparador físico formado pela UFRJ, com pós-graduação em geriatria e gerontologia e treinamento desportivo. Sócio fundador da Fit Labore Assessoria Esportiva

Post anterior:
Próximo Post:

Publicado em: 21 de dezembro de 2015

Adicionado em: Colunistas, Festas, Rogério Cardoso

Deixe uma resposta