Styling Tip: Atualize a camisa branca

Por Sabrina Franzol

Sinônimo de peça clássica, a camisa branca deu seu comeback triunfal nas street styles mundo afora e provou que de boring não tem nada!

 

Primeiro passo: abotoe a camisa até a gola. “Sim, parece algo simples, mas garantimos uma nova proposta capaz de transformar a produção. Para finalizar em grande estilo, aposte em uma peça estruturada, como o macacão, que eleva o status fashion. Os scarpins de verniz são responsáveis pela elegância da produção. Para quem quer arrasar à noite, claro!”, afirmou Francine. Camisa, top e saia: Farrawi Sneakers: Sapataria Santana

Primeiro passo: abotoe a camisa até a gola. “Sim, parece algo simples, mas garantimos uma nova
proposta capaz de transformar a produção. Para
finalizar em grande estilo, aposte em uma peça estruturada, como o macacão,
que eleva o status
fashion. Os scarpins de verniz são responsáveis pela elegância da produção. Para quem quer arrasar à noite, claro!”, afirmou Francine.
Camisa, top e saia: Farrawi
Sneakers: Sapataria Santana (Foto: Amanda Vieira/JP)

Segunda dica infalível e truque styling do verão 2017: o ombro caído e a assimetria fake prometem ganhar as ruas em 2017. “Essa nova febre fashion já caiu no gosto de renomados estilistas Londrinos, e chegam aqui no Brasil ganhando novos adeptos. A bola da vez é abotoar a camisa e deixá-la caída nos ombros, criando uma assimetria hipercool, que tem o poder de renovar qualquer peça em um passe de mágica”, relatou a fashionista

Segunda dica infalível e truque styling do verão 2017: o ombro caído e a assimetria fake prometem ganhar
as ruas em 2017. “Essa nova febre fashion já caiu no gosto de renomados estilistas
Londrinos, e chegam aqui no Brasil ganhando novos adeptos. A bola da vez é abotoar a camisa e deixá-la caída nos
ombros, criando uma assimetria hipercool, que tem o poder
de renovar qualquer peça em um passe de mágica”, relatou
a fashionista Camisa e calça: Farrawi (Foto: Amanda Vieira/JP)

Mais uma dica: sobreposições. “Combine com t-shirts ou até top curtos. É possível fazer sobreposições sem mistérios que deixam o look bem mais estiloso e elegante”, finalizou Francine. Camisa, top e saia: Farrawi Sneakers: Sapataria Santana

Mais uma dica: sobreposições.
“Combine com t-shirts ou até top curtos. É possível fazer sobreposições sem mistérios que deixam o look bem mais
estiloso e elegante”, finalizou Francine.
Camisa, top e saia: Farrawi
Sneakers: Sapataria Santana (Foto: Amanda Vieira)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por isso, a gente ama cada vez mais aqueles truques styling que garantem looks novos sem precisar quebrar a cabeça.

A peça teve origem no decorrer do século 18 e era utilizada como “roupa de baixo” nos trajes oficiais. Um dos primeiros adeptos e principal divulgador da peça foi George Brummell – figura icônica do dandismo no início do século 19.

George esbanjava requinte e elegância ao se vestir e, a partir disso, começou a ser imitado e adorado pelos homens de maneira natural.

Daí por diante, a peça passou a ser usado com terno e traje sóbrio da época que ficava a mostra apenas nas regiões do peito e dos punhos.

Transitando para o século 20, a camisa branca saiu do vestuário masculino diretamente para o closet feminino, com o surgimento do tailleur, (conjunto saia e blazer).

A camisa era usada com saia rodada e era fundamental no closet das mulheres norte-americanas.

A emancipação feminina também desempenhou um papel fundamental na transformação da moda e dos costumes. A camisa branca só se tornou indispensável na vida das mulheres quando a estilista Coco Chanel reconheceu o atrativo da camisa de início simples, mas com estilo colegial, que ficava melhor com roupas práticas e inspiradas no closet masculino.

Dos anos 90 para cá há uma longa trajetória no estilo dessa peça, chegando ao status de um clássico adequado a inúmeros ambiente e ocasiões. Os adeptos se encantam pela praticidade no dia a dia.

Atualmente, a grande sacada é reinventar as maneiras de usá-la, tornando a camisa branca uma peça indispensável que quebra a monotonia de toda a produção.

O styling tip tem ainda o poder de deixar a produção ainda mais cool e atual, dando ares de fashion girl.

Para provar que isso é possível desafiamos Francine Pacheco, a produtora de moda da Revista Arraso e colunista social do Jornal de Piracicaba, a criar três produções diferentes e mega estilosas com a mesma camisa branca, confira!

Post anterior:
Próximo Post:

Publicado em: 6 de fevereiro de 2017

Adicionado em: Estilo

Deixe uma resposta